Câmara aprova projeto que viabiliza a privatização dos Correios; texto vai ao Senado - Guia Ponto Novo

Ads

Clique Aqui e conheça nosso Guia Comercial

Câmara aprova projeto que viabiliza a privatização dos Correios; texto vai ao Senado

Compartilhar

Reprodução/Agência Correios Ponto Novo
Foto: Romilson Almeida

A Câmara dos Deputados aprovou nesta quinta-feira (5) o texto-base do projeto de lei 591/21, que abre caminho para a privatização dos Correios. Os deputados vão analisar agora os destaques, que podem alterar tópicos do relatório do deputado Gil Cutrim (Republicanos-MA). O parecer recebeu 286 votos a favor, 173 contra. Houve ainda duas abstenções.

Em seu parecer, o relator incluiu que a empresa que comprar os Correios terá exclusividade mínima de cinco anos sobre os serviços postais – carta, cartão postal, telegrama e demais correspondências. Cutrim recomenda a aprovação de substitutivo que cria modelo de concessão comum dos serviços postais, retirando do projeto original do Poder Executivo a possibilidade de modalidade patrocinada. O principal argumento é que a desestatização decorre justamente da falta de recursos da União para arcar com os investimentos no setor.

Nos últimos dois anos foram investidos R$ 670 milhões nos Correios, além de R$ 430 milhões para ampliar a infraestrutura de tratamento de encomendas. “Boa parte das atividades postais já é executada por uma rede mista. A atual crise fiscal esgotou a capacidade de o Estado investir em infraestrutura, já que os setores prioritários são saúde, educação, transporte e segurança. Não há outro caminho a ser percorrido”, concluiu Gil Cutrim. 

Com informações do G1 e da Agência Câmara

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo conteúdo dos comentários é de responsabilidade de seus autores.

Não pretendemos limitar a sua expressão de ideias, contudo não use o espaço de comentários como palanque para proselitismo político, calunioso, ideológico, religioso, difamatório, para praticar ou difundir posturas racistas, xenófobas, propagar ódio ou atacar seus desafetos. caso aconteça poderá ser removido à discrição da gestão do site.

Post Bottom Ad

Condomínio Sol Lar Chácaras em Ponto Novo
Grupo JV Empreendimentos Pindobaçu