Governo avalia prolongar auxílio emergencial por mais dois meses - Guia Ponto Novo

Ads

Clique Aqui e conheça nosso Guia Comercial

Governo avalia prolongar auxílio emergencial por mais dois meses

Compartilhar
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil


Equipe do ministro Paulo Guedes (Economia) quer mais prazo para costurar uma nova versão do Bolsa Família

O governo federal planeja prolongar o pagamento do auxílio emergencial por mais dois meses, efetuando novos pagamentos em agosto e setembro. O valor médio —atualmente em R$ 250— deve ser mantido. Segundo a Reuters, a extensão do programa será custeada por um crédito extraordinário de R$ 12 bilhões e outros R$ 7 bilhões que já estão disponíveis no orçamento autorizado para o programa. O pedido para a abertura do crédito no orçamento ainda tem que ser enviado ao Congresso Nacional.

A intenção da equipe do ministro da Economia, Paulo Guedes, é usar esses dois meses a mais para fazer uma ponte até a implementação do novo Bolsa Família, que está em análise pelo governo.

A criação de uma versão deste programa mais encorpada também foi tentada entre 2020 e este ano, mas o ministério e o presidente Jair Bolsonaro não chegaram à fonte de financiamento. A extensão do auxílio agora deve ser viabilizada por meio da exclusão do pagamento no cálculo do teto de gastos.

(Com informações do portal Terra e da agência Reuters) Bahia.ba

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo conteúdo dos comentários é de responsabilidade de seus autores.

Não pretendemos limitar a sua expressão de ideias, contudo não use o espaço de comentários como palanque para proselitismo político, calunioso, ideológico, religioso, difamatório, para praticar ou difundir posturas racistas, xenófobas, propagar ódio ou atacar seus desafetos. caso aconteça poderá ser removido à discrição da gestão do site.

Post Bottom Ad

Condomínio Sol Lar Chácaras em Ponto Novo
Grupo JV Empreendimentos Pindobaçu