Sr. do Bonfim: Mudanças de barracas na feira livre provoca revolta por parte de barraqueiros - Guia Ponto Novo

Ads

Clique Aqui e conheça nosso Guia Comercial

Sr. do Bonfim: Mudanças de barracas na feira livre provoca revolta por parte de barraqueiros

Compartilhar

O que se descobriu foi que pessoas de outras cidades, outros que nunca comercializaram nada e até possíveis apadrinhados da gestão passada teriam sido beneficiadas com o box.

O repórter, Netto Maravilha, esteve acompanhando de perto a situação vivenciada pelos comerciantes, também chamados de “barraqueiros”, na feira livre de Senhor do Bonfim.

De acordo com informações do Superintendente de Desenvolvimento Econômico, Anfilófio Freitas, “Bó”, houve reunião com a classe e que todos teriam sido avisados que haveria essa mudança em virtude do reordenamento na Praça Dr. José Gonçalves, local onde, por muitos anos foi chamada de “favelinha de Bonfim”, porém, alguns comerciantes alegam que não foram comunicados.

Durante a visita, foi descoberto que alguns barraqueiros estavam descordando também do local para onde foram remanejados, pois não há estrutura ideal para que eles possam comercializar seus produtos, é o caso da senhora Iris, que negocia com roupas, e no novo local havia restos de brita, areia e pedregulhos, retirados momentos depois.

A senhora Edjalma, que relatou ser comerciante há pelo menos 25 anos, e atualmente vinha com sua barraca de peças para fogão, ao lado dos correios, questionou que não foi contemplada com box e queria um tempo a mais até que resolvesse o seu box para que pudesse ir para o novo local, o que não foi aceito, pois abriria brecha para os demais argumentarem o mesmo desejo.

O que se descobriu foi que pessoas de outras cidades e, outros que nunca comercializaram nada e até possíveis apadrinhados da gestão passada teriam sido beneficiadas com o box. Já em conversa com Bó, Netto Maravilha foi informado que a partir desta segunda-feira (08), os box cedidos de forma injusta e que afetou a quem teria o direito como a senhora Edjalma e tantos outros, serão lacrados e as pessoas que não se enquadram no seguimento poderão sofrer processos administrativos ou judiciais e terão que devolver o entreposto.


Fonte: www.blogdonettomaravilha.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo conteúdo dos comentários é de responsabilidade de seus autores.

Não pretendemos limitar a sua expressão de ideias, contudo não use o espaço de comentários como palanque para proselitismo político, calunioso, ideológico, religioso, difamatório, para praticar ou difundir posturas racistas, xenófobas, propagar ódio ou atacar seus desafetos. caso aconteça poderá ser removido à discrição da gestão do site.

Post Bottom Ad

Condomínio Sol Lar Chácaras em Ponto Novo
Grupo JV Empreendimentos Pindobaçu