Enem na pandemia: veja dicas para se proteger durante o primeiro dia de provas - Guia Ponto Novo

Ads

Clique Aqui e conheça nosso Guia Comercial

Enem na pandemia: veja dicas para se proteger durante o primeiro dia de provas

Compartilhar

 

MEC adotou um protocolo com cuidados para evitar a transmissão da Covid. Neste Enem, além dos itens obrigatórios já conhecidos, como a caneta de tinta preta e o documento com foto, tem a máscara.


O primeiro dia de provas do Enem é neste domingo (17). Uma edição marcada pela pandemia. No Amazonas o exame só vai ser aplicado em fevereiro, mas quem vai fazer as provas precisa ficar atento às medidas de distanciamento.

A Gabriela vai tentar medicina. Mesmo em casa, a estudante fez o simulado de máscara para se preparar para as longas horas de prova usando a proteção. E está se sentindo pronta para o Enem.


"Eu acho que vai ser um alívio para muitos estudantes. Para mim foi um alívio, porque eu vou com máscara, vou tomando os cuidados. Eu já não saio de casa para atividades não necessárias já faz quase um mês", diz a estudante.

O MEC adotou um protocolo para evitar a transmissão da Covid. Neste Enem, além dos itens obrigatórios já conhecidos, como o documento oficial com foto e a caneta de tinta preta, tem ainda a máscara. É só com ela que o estudante consegue entrar para fazer a prova. E tirar a máscara só vai ser permitido na hora de beber água e comer.

“É importante que eles fiquem tranquilos, que eles cheguem antecipadamente ao local do exame, justamente para evitar aglomeração, leve o que tem que ser levado. Pode levar alimentação, pode levar água sim”, destaca Rommel Domingos, professor e especialista em Enem.

Segundo o Inep, as salas vão ter ocupação de 50% da capacidade para manter o distanciamento. Os portões dos locais de provas vão abrir meia hora mais cedo. O horário para fechar é o mesmo: 13h.


“A partir de 11h30 os portões estarão abertos que é para a gente poder distribuir a entrada dos alunos com o maior tempo, para evitar aglomerações. E do lado de fora temos cartazes colocados nas escolas orientando os participantes a usar máscara, a manter o distanciamento e depois a gente vai trabalhar dentro da escola, para evitar aglomerações”, afirma Alexandre Lopes, presidente do Inep.


O Igor participou de outros exames durante a pandemia e vai fazer o Enem neste domingo (17). Ele já entendeu como a prova pode ser feita de maneira mais segura.

“A pessoa tem que tomar consciência, chegar na hora, entrar na sala, não ficar batendo papo com muita gente. Se cada um fizer sua parte, eu acho que todo mundo vai se sentir seguro”, comenta Igor de Bernardi, estudante.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Todo conteúdo dos comentários é de responsabilidade de seus autores.

Não pretendemos limitar a sua expressão de ideias, contudo não use o espaço de comentários como palanque para proselitismo político, calunioso, ideológico, religioso, difamatório, para praticar ou difundir posturas racistas, xenófobas, propagar ódio ou atacar seus desafetos. caso aconteça poderá ser removido à discrição da gestão do site.

Post Bottom Ad

Condomínio Sol Lar Chácaras em Ponto Novo
Grupo JV Empreendimentos Pindobaçu